Radjabov vence Airthings Masters!

Olá a todos, eu sou Ricardo Santana e esse é o podcast da Esquadra de Caíssa

O ano de 2021 começou agitado no mundo das 64 casas. Ainda que os torneios presenciais estejam suspensos em boa parte do mundo, os torneios online têm ganho cada vez mais destaque e importância. Nesse início do ano, o grande destaque ficou para o Airthings Masters, segunda etapa do Champions Chess Tour.

O torneio, finalizado no último domingo, 3 de janeiro, foi hospedado na plataforma Chess24 e transmitido com comentários em tempo real em nove idiomas, incluindo o Português, com apresentação da WMF Júlia Alboredo e participação do MI Diego Di Berardino.

O pontapé inicial foi dado ainda no dia 26 de dezembro, onde 12 jogadores se enfrentaram no sistema de emparceiramento Schuring disputando 8 vagas na fase decisiva, com a seguinte classificação:

Fonte: championschesstour.com

O indiano Pentala Harikrishna, os russos Alexander Grischuk e Anish Giri (naturalizado holandês), além do espanhol Anton Guijarro foram desclassificados ainda na primeira fase, dando adeus ao sonho da premiação principal de U$ 60 mil para o primeiro colocado.

Dada a classificação final após a primeira etapa, os confrontos foram decididos da seguinte forma, para confrontos em 2 matchs de 4 partidas cada.

O primeiro colocado, Magnus Carlsen enfrentando o oitavo, Daniil Dubov. Wesley So versus Maxime Vachier Lagrave e Hikaru Nakamura contra Levon Aronian e para completar as quartas de final, o duelo entre Ian Nepomniachtchi e Teimour Radjabov.

Entretanto, a classificação da primeira fase não foi sinônimo de favoritismo no mata-mata, e os quatro primeiros colocados deram adeus à competição.

O destaque foi a eliminação do atual campeão mundial Magnus Carlsen por Daniil Dubov, campeão mundial de xadrez rápido em 2018, quando também trabalhou como assistente particular do Magnus Carlsen no match do campeonato mundial contra Fabiano Caruana.

Durante a transmissão, Dubov comemorou efusivamente sua classificação e segundo revelou o próprio campeão mundial em suas redes sociais, o russo após o match pediu desculpas pela forma como se comportou ao vencer, atitude que foi amenizada por Magnus que o parabenizou pela performance.

Apesar do torneio ser realizado com o tempo de reflexão de 15 minutos com 10 segundos de acréscimo desde o primeiro lance, o também especialista em Xadrez online Hikaru Nakamura ficou de fora ao ser eliminado por Levon Aronian, que se juntou a Dubov, Radjabov e Vachier-Lagrave na semifinal.

Dessa forma, as semifinais foram travadas entre Radjabov contra Dubov e MVL versus Aronian, com vitórias convincentes do azeri Radjabov e do armênio Aronian, forçando uma decisão de terceiro lugar entre Dubov e Lagrave.

Em 1917 com a Revolução Russa e o fim do Império Russo, os povos da Transcaucásia tornaram-se em sua maioria independentes, entretanto, conflitos étnicos e territoriais surgiram com a fragmentação, e uma disputam em especial reverbera até os dias de hoje. A Armênia, de maioria cristã e o Azerbaijão, majoritariamente islâmico, disputam a região de Nagorno-Karabakh, uma região montanhosa de grande importância energética (especialmente pela presença de gasodutos russos) e que está localizada entre os dois países.

O confronto, entretanto, nunca se resumiu à geopolítica e em 2016, quando a Olimpíada de Xadrez foi realizada em Baku, capital do Azerbaijão, a equipe armênia se recusou a participar, bem como o GM brasileiro Krikor Sevag Mekhitarian, de descendência armênia.

Já nos tabuleiros, a disputa final não poderia ser mais representativa, com Levon Aronian versus Teimour Radjabov. No duelo, o azeri levou a melhor ao vencer a segunda partida e empatar a primeira e a terceira, vencendo por 2 a 1 e levando o prêmio de nada menos que U$ 60.000,00, de um total de U$ 200.000,00 (mais de R$ 1 Milhão).

Visivelmente emocionado, Radjabov comemorou o título como uma recompensa pela sua saída turbulenta do Torneio de Candidatos do ano passado alegando falta de segurança sanitária durante a crise do coronavírus. O francês Maxime Vachier-Lagrave assumiu o seu posto e lidera o torneio, que foi suspenso após a sétima rodada.

Na terceira posição, o francês Maxime Vachier-Lagrave se recuperou após duas derrotas contra Daniil Dubov e virou o placar, levando a premiação de U$25.000,00.

Radjabov garante também presença na Grande Final do Circuito, que deverá ocorrer em setembro deste ano.

A Esquadra de Caíssa é um projeto de Xadrez Pedagógico que tem por objetivo disseminar o xadrez através das plataformas digitais e de aulas particulares a preços acessíveis. Se você tem interesse em Desvendar os Mistérios Encantados do Xadrez, junte-se a nós e faça parte desse projeto!

Confere o podcast!

Apoio Federação Pernambucana de Xadrez

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *